PUBLICIDADE fael 12.03

Editorial

Em nome de todos nós

A cada dia resta mais firme a convicção sobre a importância do papel da imprensa na luta cotidiana para pressionar as autoridades por medidas responsáveis e concretas  em favor da melhoria da qualidade de vida da população e, ao mesmo tempo, de respeito ao  que é propriedade e direto do cidadão. Talvez nunca, como agora, a imprensa teve tanto poder  para trazer à luz do conhecimento público os mais vergonhosos  atos de malversação em órgãos públicos que deveriam ter a função de tornar mais fácil o caminho de toda a população. O advento de instrumentos no universo digital tornou mais ágil e acessível a informação, e com ela a transparência exigida e merecida por todos. Náo se trata de nenhuma concorrência para os meios de comunicação, como podem pensar alguns, mas sim um complemento potencializador do trabalho responsável e dedicado da busca e da transmissão da verdade. Cada vez mais, por isso, a imprensa se aproxima e busca a interação com seu público, para garantir de que fato a voz das ruas, a opinião do leitor, o sentimento do ouvinte e do telespectador, a expectativa do internauta, enfim, sejam representados e materializados nas reportagens que mostram a vida, o cotidiano da população, e também os  detalhes que envolvem as ações, positivas ou negativas, que marcam a prática daqueles que, oficialmente, agem em nome dos próprios cidadãos. A vida continua representada – e defendida – pela voz e pelas letras da imprensa brasileira.  

Por: - 10/03/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário