PUBLICIDADE faculdade Fael

Política

Câmara começa mobilização para a instalação da Havan em Livramento

A possibilidade de inauguração da loja de departamentos na Fronteira da Paz fez com que mudanças na legislação fossem propostas nesta semana

A Câmara de Vereadores de Sant’Ana do Livramento começou a se mobilizar em prol da possível instalação da rede catarinense de lojas de departamentos Havan, no Município. A expectativa ficou ainda maior desde a semana passada, quando o jornal A Plateia, em sua primeira edição semanal noticiou, a possibilidade de inauguração de uma loja na Fronteira da Paz.
Na semana passada, uma em audiência com o governador José Ivo Sartori, no Palácio Piratini, garantiu que a empresa estuda a possibilidade de construção de, pelo menos, 50 novas megalojas e a geração de até 10 mil empregos diretos. De olho nesse investimento, o vereador Carlos Nilo (Progressistas), elaborou um documento desfazendo o único impeditivo que Havan poderia enfrentar para se instalar em Livramento.
Isso porque uma das condições que a loja de departamento impõe é que as lojas abram aos sábados, domingos e feriados, porém Livramento tem uma legislação que destaca que os estabelecimentos devem permanecer fechados nos feriados nacionais e municipais.
A matéria apresentada por Nilo retira essa legislação e deve se assinada por todas as bancadas da Câmara, antes de ser protocolada na Secretaria Legislativa da Câmara santanense. O parlamentar destacou que a ideia é mostrar que esse é o entendimento da Câmara de Vereadores. “Esse é o pensamento da conversa que a gente teve com alguns vereadores de diversas bancadas, para que possamos retirar a legislação onde proíbe”, disse ele.
Sant’Ana do Livramento tem um dos maiores índices de desemprego do Estado (apenas 16% dos 81.427 habitantes têm emprego), segundo o IBGE a população vem diminuindo (-9,18% no último censo). “Sem investimentos, haverá menos empregos ainda”, complementou Nilo.
O documento ainda precisa da assinatura de vereadores que estão indecisos com o voto, mas a expectativa é que o documento possa ser protocolado já na próxima semana e votado o mais breve possível para garantir que, se a Havan demonstrar interesse por Livramento futuramente, não haja impeditivos.

Por: Rodrigo Evaldt – rodrigo@jornalaplateia.com - 10/02/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário