PUBLICIDADE fael 12.03

Reino animal

As plantas mais comuns e tóxicas que podem levar o seu pet à morte

É muito comum o uso de plantas ornamentais para decoração de casas e apartamentos. O que é completamente compreensível, afinal, elas trazem vida ao ambiente junto a cores e beleza. O que muitas pessoas não sabem é que existem diversas plantas que podem fazer mal a cães e gatos, levando-os até mesmo à morte.
É bem comum que animais de estimação comam plantas ou grama e isso infelizmente pode acarretar uma série de problemas.
Quem tem animais de estimação em casa precisa ficar atento a algumas espécies de plantas que podem intoxicar. A melhor maneira de driblar esse risco é manter o jardim fora do alcance dos pets. A dica é sempre deixar água à disposição do bicho, para evitar que ele procure nos vasos.
Listamos 8 plantas ornamentais que são tóxicas aos nossos amiguinhos peludos:
1. Comigo-ninguém-pode
Toda a planta é tóxica. Produz irritação das mucosas. Sintomas da intoxicação: irritação oral, prurido severo (coceira), irritação ocular, dificuldade de deglutição e até de respiração, em casos mais graves. Pode ocorrer alteração da função renal e alterações neurológicas.

2. Copo-de-Leite
Toda a planta é tóxica, irritante para as mucosas. Sintomas da intoxicação: salivação, prurido (coceira) intenso na face, edema na região da face, vômitos, paralisia de língua.

3. Antúrio
Mais uma das queridinhas em lares brasileiros, a formosa Anthurium spp possue oxalato de cálcio (um princípio ativo que oferece riscos à saúde dos animais) em todas as suas partes. Os principais sintomas são queimação de mucosas, inchaço da boca, lábios e garganta, edema de glote, asfixia, náuseas, salivação, vômitos e diarreia.

4. Azaleia
Seu princípio ativo é a andromedotixina, uma substância que, quando ingerida, pode causar distúrbios digestivos durante até 6 horas após o consumo, além de provocar disfunções cardíacas.

5. Coroa-de-Cristo
É um arbusto espinhoso muito conhecido e encontrado em jardins e calçadas. A Euphorbia milii possui como substância tóxica o látex irritante. Substância que ao entrar em contato com o animal de estimação (através da pele ou ingestão) pode causar reações inflamatórias como inchaço, dor e vermelhidão.

6. Espirradeira
Muito utilizada como ornamento em jardins, a Nerium oleander contém substâncias tóxicas em todas as partes da planta. Esses princípios ativos podem causar vômitos, diarreia, ataxia, dispneia, paralisia, arritmias, coma e morte em humanos e animais domésticos. Os sintomas de intoxicação pela Espirradeira podem ser observados de 1 a 24 horas após a ingestão.

7. Espada-de-são-jorge
Essa também é uma das recordistas nos lares brasileiros. Seja pela ornamentação que oferece ou pela crença popular de que traz prosperidade. No entanto, a Sansevieria trifasciata possui substâncias altamente tóxicas. A dificuldade de movimentação e de respiração devido à irritação da mucosa e salivação intensa, são apenas alguns dos males que a planta pode causar aos animais.

8. Violeta
As sementes e o caule da Viola odorata são altamente tóxicos. A ingestão dessa comum planta pode causar, na ingestão de altas doses, severas gastrites, depressão circulatória e respiratória, além de vômitos e diarreia. Os princípios ativos tóxicos são violinha, acido tânico e salicílico.

 

Todo o cuidado é pouco quando se trata do nossos animaizinhos do coração. Há muitas outras plantas tóxicas, mas estas são as principais e mais encontradas no lares populares. 

Por: redacao@jornalaplateia.com - 18/01/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário