PUBLICIDADE

Política

Sem entrega de boleto do IPTU, vereador teme diminuição de receita

Tema foi abordado no discurso de Aquiles Pires na tribuna da Câmara de Vereadores nesta semana

O vereador Aquiles Pires (PT) falou da sua preocupação com a possibilidade de diminuição da receita que provém do Imposto Territorial e Urbano (IPTU) 2018. Isto porque desde o dia 02 de janeiro cada cidadão deve imprimir seu próprio boleto através da página da Prefeitura Municipal .
Segundo o parlamentar, esta mudança já está gerando tumulto na população santanense. “Estou preocupado, tanto que nesta semana eu solicitei informações ao Executivo quanto à prestação deste serviço, para saber se terão máquinas à disposição dos moradores nos bairros e localidades descentralizados. E claro, queremos saber se terão funcionários capacitados para auxiliarem os cidadãos nesta ação”, questionou ele em entrevista ao jornal A Plateia. “Pergunto ainda se há a possibilidade de causar prejuízo nos serviços esperados pelo contribuinte, no futuro; como o boleto não vai chegar na casa das pessoas, poderá prejudicar o Município com a diminuição da arrecadação”, disse ele.
Ao jornal A Plateia, o secretário da Fazenda, Mulcy Torres disse que há, de fato uma expectativa menor de arrecadação neste ano em virtude dos carnês não serem entregues, que deve ficar em torno de R$6 a 7 milhões. “Sobre as formas de imprimir o boleto, está muito tranquilo para as pessoas conseguirem na Fazenda. De toda forma estou conversando com o Secretário de Saúde para que ele disponibilize as UBSs, nós vamos passar a orientação aos servidores para que isso aconteça”, finalizou Mulcy.

Vereador participa de reunião sobre as Estradas Rurais

Nesta semana, o vereador Evandro Gutebier (PRB) esteve nas dependências do Sindicato Rural de Livramento em reunião com produtores e com o supervisor de Estradas Rurais, Vinicios Repeto, onde foram discutidas as prioridades e meios para a recuperação das vias do interior do município.
O trabalho em conjunto busca a melhoria contínua das estradas rurais. As comissões de produtores de diferentes regiões comprometeram-se em repassar à Prefeitura as necessidades emergenciais de cada região. “É do interesse de todos o conserto das estradas rurais, além de ser fundamental para a economia do município, então nada mais certo do que fazermos também a nossa parte como produtores”, declarou Evandro Gutebier.

Por: Rodrigo Evaldt - rodrigo@jornalaplateia.com - 13/01/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário