PUBLICIDADE

Rural

Cabanha São Pedro comercializa mais de 1300 animais

O primeiro remate realizado na sede da Cabanha foi sucesso em vendas

Na última segunda-feira, 8 de janeiro, a Cabanha São Pedro de Cláudio José Lacerda Wetternick, realizou seu 45º Remate Anual, colocando em pista quase 1600 ovinos das raças Corriedale e Texel.
O primeiro remate realizado na sede da Cabanha foi sucesso em vendas, tendo mais de 1300 animais vendidos, e o maior do estado, organizado por uma cabanha só.
No leilão, tinha oferta para todo tipo de procura: cordeiros, cordeiras, borregos, borregas, capões e ovelhas. Além de potros e potras puros da raça Crioula.
“Fizemos uma grande festa da ovinocultura, reunindo vários produtores rurais, onde fizemos bons negócios, trocamos experiência e tivemos bons momentos. Agradeço também a toda equipe da estância que não mediu esforços para que acontecesse tudo da melhor forma”, comenta Cláudio Wetternick.
O remate realizado na Cabanha, foi uma ótima oportunidade para os produtores da região conhecerem o empreendimento da empresa familiar, que é o Centro de Terminação Ovina, conhecido como CTO, que busca produzir o máximo de ovinos para abate num curto espaço de tempo.
As instalações construídas têm capacidade de receber 1000 animais para serem comercializados a cada 40 dias. Anexo ao galpão de confinamento, também foi construída uma área para o recebimento de excursões de universidades, palestras e pesquisas. E, para melhor organização do funcionamento administrativo, foram feitos escritórios.
Nessa estrutura, foi realizado o remate da São Pedro, empresa familiar que se dedica e vive da ovinocultura. E procura através de uma rigorosa seleção, trazer aos produtores, animais com pureza racial, bons desenvolvimentos de troncos e equilíbrio de carcaça. Bem como velos limpos e com boa suarda e de grande qualidade. Já nas fêmeas, além de todos estes atributos, há também uma rigorosa seleção por fertilidade.
Foi exatamente esse tipo de animais que marcou o 45º remate, mostrando muita qualidade, pureza e tradição, que é confirmada há mais de meio século.
O remate foi realizado pelo Balcão Agronegócios e batendo o martelo, o leiloeiro Lauro Fitipaldi.

Por: Lauren Trindade – redacao@jornalaplateia.com - 10/01/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário