PUBLICIDADE fael 12.03

Bastidores

Tem que correr, tem que suar...

O refrão da música “Estrelar”, do cantor Marcos Valle, que foi sucesso nos anos 1980, parece ter sido a trilha sonora da agitada véspera de Natal e Fim de Ano do administrador da Santa Casa de Livramento, Wainer Machado. Antes de anunciar, feliz da vida, que conseguira pagar o 13º salário aos funcionários do hospital antes do fim de 2017 – ano marcado por extremas dificuldades com relação à folha de pagamento – Wainer teve que se desdobrar e literalmente suar a camisa em deslocamentos relâmpagos até Porto Alegre, para conseguir o dinheiro necessário. Ele próprio relata que, no mesmo dia que recebeu o comunicado de que os contratos referentes ao Fundo de Apoio financeiro e de recuperação dos hospitais privados, sem fins lucrativos e hospitais públicos – FUNAFIR, que já possuíssem margem aprovada, começariam a ser assinados pelo secretário estadual da Saúde, João Gabbardo, pegou o carro e enfrentou os 500 km até a Capital para chegar ao cartório ainda antes do fechamento, localizou o secretário para assinar, conseguiu com a tabeliã que aceitasse assinaturas firmadas remotamente e, quando retornou para a fronteira, já veio com os recursos liberados – tudo no mesmo dia. Teve que suar, mas garantiu um imenso alívio para os funcionários da Santa Casa.

Alguns milhões para os hospitais

Ao contrário da Santa Casa de Livramento, alguns hospitais gaúchos não foram tão ágeis e somente poderão acessar os recursos neste início de 2018. Ao total, o Governo do Estado destinou R$ 100 milhões para a área da saúde, metade  para os municípios e o restante para pagamento de hospitais e fornecedores. O próprio secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Branco, admitiu que o Estado tem uma dívida com os municípios superior a R$ 500 milhões, grande parte referente às contratualizações de serviços de saúde e atendimentos do SUS. A expectativa do Governo é equacionar o restante da dívida no decorrer de 2018.

Reconhecimento

O jovem empreendedor Felipe Lima, um dos mais renomados profissionais da nova geração de barbeiros da fronteira, recebeu merecido reconhecimento da Câmara de Vereadores, em nome da comunidade santanense, pelo trabalho desenvolvido na realização do I Encontro dos Barbeiros da Fronteira, realizado em meados de novembro passado nas dependências do Verde Plaza Hotel, em Livramento. O evento reuniu grande número de profissionais de Livramento e de várias cidades da região e do Uruguai para atualização e reciclagem na atividade. Acompanhado por seu pai, o conhecido “Alemão”, também exímio profissional da tesoura, Felipe recebeu o Voto de Congratulações do vereador Germano Camacho, autor da homenagem, em ato realizado nesta quarta-feira, no gabinete na Câmara de Vereadores. 

Por: ediselgarte@jornalaplateia.com WhatsApp (55) 84296522 - 04/01/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário

Outras Notícias

+ Notícias
PUBLICIDADE