PUBLICIDADE

Esporte

Livramento campeã no Aberto do Rio Grande do Sul

Próxima parada para Herik Machado é o Aberto de Golfe do Uruguai

Nesse fim de semana os santanenses Herik Machado e Sandro Gonçalves venceram no 62º Aberto de Golfe do Rio Grande do Sul, realizado no Belém Novo Golf Club, em Porto Alegre. Também foi disputado o 23º Aberto do Belém Novo Golf Club.
Herik Machado venceu na categoria Cavalheiros Scratch, enquanto Sandro Gonçalves foi campeão na Cavalheiros até 8,5.
“Era para eu ter ganho, porque no último dia estava me sentido muito bem, o que fazia tempo que não acontecia. Saí jogando bem, vi que tinha chances de ganhar”, diz Herik.
Além disso, o santanense, melhor golfista amador do Brasil, também destacou:
“Nesse fim de semana foi legal porque não joguei com tanta agressividade, joguei mais tranquilo e deu certo. Fiquei feliz, porque qualquer gaúcho quer ganhar o Aberto do Estado, então fiquei bem contente”.
Herik está a caminho do Aberto de Golfe do Uruguai. Já Sandro Gonçalves segue para São Paulo, onde fará curso profissional de golfe, status que alcançará em duas semanas. Gonçalves fala sobre seu desempenho no fim de semana em Porto Alegre:
“Avalio que joguei bem, me preparei bastante para jogar, sabia que era meu último campeonato como amador, fiquei um pouco nervoso. Queria dar meu melhor e fiz o melhor que pude. Joguei, me diverti bastante; joguei mal apenas no segundo dia, que foi o que me tirou do jogo, mas fiquei entre os cinco melhores da competição, o que para mim já está valendo. O próximo passo é pensar na carreira profissional e seguir treinando cada vez mais para buscar títulos”, afirma.
Quem também disputou o Aberto de Golfe do Rio Grande do Sul foi Andrey Xavier. O santanense de 16 anos foi campeão na categoria Juvenil Scratch e ficou em segundo lugar, atrás de Sandro, na Cavalheiros até 8,5.
Em novembro, o trio esteve em Sant’Ana do Livramento, onde disputou o 46º Torneio Internacional Aberto de Golfe. Herik vinha de conquista no 58º Campeonato Nacional por Golpes 2017, uma das principais competições amadoras da Argentina, ao lado do Campeonato Argentino de Aficionados, disputado na modalidade “match play”, que havia conquistado em 2016.

Por: Marcel Neves - marcelneves@jornalaplateia.com - 05/12/2017 às 0:00

 

Deixe seu comentário