PUBLICIDADE

Reino animal

O que o seu gato pode comer na Ceia de Natal

A família reunida na mesa, saboreando comidas gostosas e diferentes, preparadas especialmente para aquele momento. Enquanto isso, seu gatinho está ao lado, olhando com aquela cara de pidão e comendo a mesma ração de todos os dias... Então você não aguenta, e a culpa de deixá-lo com vontade invade seu coração!
Calma, essa angústia é compreensível! Mas é preciso ter muito cuidado na hora de oferecer alimentos diferentes para o seu gatinho, para não prejudicar a saúde e nem desequilibrar a sua dieta.
Existem alimentos muito calóricos e com gordura em excesso, mas alguns outros, em quantidade adequada, não colocam a saúde dos felinos em risco, e até ajudam no equilíbrio das proteínas.
Veja a seguir a lista do que seu gatinho pode, ou não pode, incluir na ceia esse ano:

PROIBIDO

Grande parte das comidas natalinas para humanos faz mal aos animais, entre elas as mais gordurosas e salgadas são:
Bacalhau
Chester e
Peru temperados
Chocotone ou Panetone
Chocolates
Farofa
Massas
Nozes
Uvas passas

ADEQUADO

Alguns dos itens da ceia dos humanos também podem ser muito saborosos e fazer bem aos gatinhos. Não é difícil agradá-los para ter algo especial na noite de Natal, basta preparar suas refeições separadas.
Arroz: estando sem temperos, e sem adicionais como uvas passas, pimentão ou cebola.
Chester ou Peru: desde que cozidos separados e sem tempero.
Legumes: feitos no vapor e sem sal; cenoura, batata, entre outros.
Frutas: maçã sem o caroço ou banana, mamão, pera, ameixa doce e manga.
Uma boa opção para a ceia de Natal também são as comidas prontas e produzidas especialmente para os gatinhos, com ingredientes que eles podem comer, como panetones, papinhas com sabor de chester ou peito de peru e até colombas.

IMPORTANTE

Nada de exageros! Todas as refeições devem ser oferecidas com moderação, para não atrapalhar a dieta normal do gatinho. As novidades são apenas para fazer um agrado em uma noite especial.
Caso o seu gatinho sofra de alguma patologia ou alergia, consulte sempre um veterinário antes de mudar sua dieta. E lembre-se de não misturar a ração comum com comida caseira, pois isso pode gerar incômodos na digestão. Fonte: mypet.org

Por: - 30/11/2017 às 0:00

 

Deixe seu comentário