PUBLICIDADE

Especial

Batuva vira depósito de lixo doméstico e empresarial

A reportagem do Jornal A Plateia esteve no local conferindo a situação e, segundo Secretário de Obras, boa parte dos resíduos encontrados no local são empresariais. “Já estamos rastreando os responsáveis”

Inaceitável. Talvez seja esta a palavra usada para definir a situação encontrada na área do Lago Batuva que a cada dia recebe mais e mais lixo. Parece ter-se tornado comum passear pelo local e ver sacolas plásticas, papeis, plásticos e outros resíduos espalhados pelo chão, próximo a água e de animais que utilizam a área como pastagem.
Com a chegada do calor muitas pessoas tendem a utilizar aquela área, que pertence a todos nós, para praticar exercícios e passar horas de lazer.
Por esta razão é que a reportagem do Jornal A Plateia resolveu dar uma circulada pelo local e o que encontramos foi realmente assustador, tamanha a falta de respeito com o meio ambiente e com o espaço que é utilizados por todos.
Em determinada área da região do Lago se formou um verdadeiro lixão a céu aberto onde são depositadas uma grande quantidade de resíduos domésticos, mas o que mais chama a atenção é outro tipo de lixo jogado no local: o empresarial.
Essa informação de que existem pessoas colocando lixo de empresas na área do Lago Batuva foi confirmada pelo Secretário de Obras, Transporte e Serviços Urbanos, Ricardo Dutra em entrevista. Ele citou, por exemplo, que duas pessoas já foram multadas e estão sofrendo processo em virtude deste crime contra o meio ambiente. “Este é um problema que, infelizmente, é recorrente. Nós já estamos programando uma 5ª limpeza com um grande mutirão naquela área. Reduziu a quantidade de lixo, mas não para. A gente já pegou duas pessoas que a mando de empresas estavam jogando lixo lá e elas estão sofrendo ação punitiva. Nós conseguimos pegar os responsáveis a partir dos resíduos que eles jogaram através de uma ação conjunta com o DEMA que a gente faz” comenta.
Segundo o secretário, o proprietário do objeto que está jogado no local é o responsável, independente de quem descartou o material de maneira errada. “Tanto quem joga e quem manda jogar será punido. Nós estamos combatendo esta questão, mas acabamos sendo vencidos pela grande extensão daquela área. Nós estamos cercando e iremos punir quem estiver jogando” disse. Segundo ele, até o final de novembro será realizada uma grande limpeza em toda a área do Batuva.

Impróprio para banho 

Já a questão da liberação de banho no Lago Batuva está por conta do Departamento de Meio Ambiente, e segundo secretário, a água continua imprópria para banho. “Essa é outra questão bastante complicada porque tem uma série de coisas envolvidas e nós estamos procurando manter o nível da água muito abaixo do normal também, a palavra final é do DEMA, mas acredito que, dificilmente, o Batuva será liberado para banho neste verão.     

Por: Matias Moura - matiasmoura@jornalaplateia.com - 15/11/2017 às 0:00

 

Deixe seu comentário