Esporte

Na raça, Marquinhos completa a Maratona de Las Vegas

Barão Free Shop e Supermercados Righi são os patrocinadores máster do atleta santanense

Com sacrifício e na raça, Marcos Rogério Costa Dias, o Marquinhos, conseguiu completar, no domingo, a Rock ‘n’ Roll Marathon Series, em Las Vegas, Estados Unidos, com o tempo de 2 horas 56 minutos e 55 segundos. Além disso, Marquinhos ficou em segundo lugar na categoria por faixa etária, em 13º entre os homens e em 14º no geral, entre 2.978 competidores.
Marcos chegou a demorar, segundo informe da organização da Maratona, a passar pelas 24.8 milhas, o que equivale a 39.91 Km. O atraso foi de três minutos. Entretanto, Marcos passou por esse ponto e conseguiu terminar a prova em Las Vegas, para a qual se preparou bastante nos últimos meses.
Depois da prova, muitos sentimentos e sensações misturadas para o corredor. Por um lado, feliz, mas, por outro, um tanto frustrado, como ele mesmo conta:
“Saí com um sentimento de felicidade junto com um sentimento de frustação, porque fiz uma prova perfeita, corri bem, busquei um por um devagarinho até assumir a terceira posição geral da prova e, por coincidência, por coisas do destino, no quilômetro 35 me deu hipoglicemia, tontiei e não consegui mais correr. Dali em diante caminhei, então perdi a terceira posição, devo ter ficado em décimo”, afirmou Marquinhos.
Nada foi em vão para o santanense, pelo contrário. Marcos tirou suas lições da prova:
“De aprendizado tirei que fiz uma baita prova, ia baixar em 10 minutos o tempo de Miami, mas isso a gente não espera acontecer. Não quebrei, não senti cansaço, a prova foi perfeita, ia buscar os primeiros colocados porque estava bem até me dar a hipoglicemia. Fiquei tonto, muito tonto. Entretanto, foi uma prova bem organizada, prova plana, rápida e um dia perfeito para correr, agora Deus sabe o que faz. A gente fica triste porque vim para dar meu melhor e dei meu melhor, não desisti, mas lógico, todo mundo quer pódio. Aí no Brasil todos que me acompanharam viram que dei meu melhor, não sou inferior a nenhum atleta daqui, todos me respeitaram, a organização torceu por mim e queria que ficasse no pódio, então tenho só que agradecer a todos que me ajudaram e seguir o trabalho que fiz com meu treinador”, salientou Marquinhos.
Seus patrocinadores máster são Barão Free Shop e Supermercados Righi. Os demais patrocinadores são: Cabanha Santa Filomena, Zona Franca Calçados e Grisolia Imobiliária.

Por: Marcel Neves - marcelneves@jornalaplateia.com - 14/11/2017 às 0:00

 

Deixe seu comentário