Educação

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Vídeo reportagem na escola estadual General Neto

No início da noite desta quarta-feira (8) pais de alunos do Colégio General Neto se reuniram no salão da escola para tratar de uma possível ação no Ministério Público pela ausência de professores na escola. Segundo uma das mães, com a greve de seis professores aproximadamente 150 alunos do último ano estariam sendo prejudicados para o final do ano letivo. Os pais buscam alguma solução para recuperar as aulas até o final do ano a assim garantir que os filhos ingressem no SISU e possam aproveitar as notas do ENEM, segundo comentaram na vídeo-reportagem.

A Diretora da escola entrou em contato com a Redação do Jornal A Plateia e disse que a direção não tem nenhuma relação com a referida reunião. Os pais teriam apenas a autorização da direção para usar a sala para a reunião. Portanto, diferentemente do que foi dito em vídeo pela reportagem online, a direção da escola não tem nenhuma relação com o fato. Na reportagem em vídeo o repórter confundiu uma das mães dos alunos com a diretora da escola.

Em razão do equívoco, a direção do General Neto disse que a boa relação do Jornal A Plateia com a comunidade escolar estaria rompido. O Jornal A Plateia lamenta o fato e pede desculpas pelo ocorrido. A Redação salienta ainda que durante o próprio vídeo, na sequência, a confusão foi desfeita  e esclarecido que a pessoa a frente da reunião era uma mãe de aluno.

Obrigada.

Por: Administrador - 08/11/2017 às 0:00

 

Deixe seu comentário