Bastidores

Ação de gente grande

No último dia 14, a vereadora Márcia da Rosa participou de um evento alusivo ao Dia das Crianças, na Vila Emília Jardim de Carvalho, e aproveitou para realizar um trabalho de gente grande: o estímulo e o fortalecimento da cidadania, orientando e canalizando reivindicações da população relacionadas às dificuldades de infra-estrutura vividas no dia a dia. Da mesma forma, o “Grupo Mulheres que Vencem”, idealizado em 2015 por Márcia e vinculado à Igreja da Graça, prestou serviços de corte de cabelo, esmaltação de unhas e outras atividades direcionadas ao bem estar daquela comunidade.

ITR capenga

Vereador Galo Del Fabro, que vem lutando para que Livrao Imposto Territorial Rural - ITR para investir na recuperação e manutenção das estradas rurais, corrige informação divulgada pelo prefeito Ico Charopen: o Município ainda não recebe o valor integral do imposto. “Os servidores já fizeram inclusive treinamento para operar o software correspondente, mas ainda está recebendo só os 50% do ITR, conforme meu Gabinete verificou diretamente com os técnicos da Secretaria da Fazenda”, garante Galo.

Base sólida

Paralelamente à movimentação dos partidos de oposição, os vereadores que integram a base de apoio ao Governo Municipal mantém a convicção de que será possível manter o acordo que elegeu para a presidência da Câmara, neste ano, a vereadora Maria Helena Alves Duarte. Pelo acordo, a base colocaria na presidência, em 2018, o vereador Danúbio Barcellos, do PP.

Ex-presidentes

Apesar da expectativa de Aquiles Pires, o PT ainda tem dois nomes à disposição, os dos ex-presidentes da Casa Dagberto Reis e Itacir Soares. O impedimento do exercício da advocacia, no caso de assumir a Presidência, supostamente poderia levar Aquiles a desistir de concorrer ao cargo, o que abriria a possibilidade de indicação de um outro nome. Os dois “ex” manifestam interesse na indicação.

Acordo interno

A propósito da pretensão da bancada petista de indicar nome para disputar a presidência da Câmara de Vereadores, o vereador Aquiles Pires acredita que seus colegas reconheçam que chegou a vez dele, na ordem de representação partidária e está avaliando a possibilidade de concorrer ao cargo. Lembra que, em oportunidade anterior, ficou estabelecido que abriria mão de concorrer para apoiar o nome de Itacir Soares e que ele próprio seria o próximo a ser indicado.

Sucessão no Rio Grande

O Rio Grande do Sul ainda não se acostumou com os parcelamentos e atrasos salariais, justificados pelo Governo do Estado como reflexo do quadro deixado pela gestão de Tarso Genro, e já se começa a falar sobre a sucessão de José Ivo Sartori. O PP, por exemplo, já anunciou o lançamento da pré-candidatura do deputado federal Heinze. Será no próximo dia 11 de novembro, o simbólico 11/11.

Por: ediselgarte@jornalaplateia.com | WhatsApp (55) 84296522 - 20/10/2017 às 10:35

 

Deixe seu comentário