Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - Após 29 anos

Pesquisar

 

Editorial

Editorial

Após 29 anos

Livramento dá um passo para o futuro e mostra que nem tudo é tão difícil assim. Depois de 29 anos de omissão sobre a legislação do Estatuto da Criança e do Adolescente obrigando que cada município tenha uma Casa de Acolhimento para Menores em Situação de Risco, Livramento finalmente pode comemorar.
O pontapé para que este projeto finalmente saísse do papel foi a Ação Processual instaurada pela Juíza Carine Labres em 2013 e em 2017 a prontidão do Poder Público em manifestar apoio e interesse em criar e deixar este legado para a cidade. A Casa do Bem não é mais uma obra pública, é um espaço real para crianças e adolescentes, é uma obra necessária e urgente para o Município. Este será um gasto com aluguel e pessoal necessário e real, diferentemente de outras obras e aquisições que se transformaram em gasto público desnecessário para a cidade.
Livramento fez história e rompeu com mais uma grande omissão legal. Foram necessários 29 anos para que as crianças em situação de risco pudessem ter um local digno para ficar. Parabéns ao judiciário e ao poder público por esta ação que rendeu bons frutos.

Por: - 10/10/2017 às 9:46

 

Deixe seu comentário

Pesquisar