Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - Ministério Público apresenta balanço de Força Tarefa em Supermercados

Pesquisar

 

Especial

Geral

Ministério Público apresenta balanço de Força Tarefa em Supermercados

Nove estabelecimentos foram fiscalizados e duas pessoas presas durante operação

No final da tarde dessa quinta (05), o Ministério Público do Rio Grande do Sul, juntamente com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado-GAECO/MP-RS; Polícia Civil; Centro Estadual de Vigilância em Saúde do RS- CEVS; Vigilância Sanitária de Livramento e o Serviço de Inspeção e Inspetoria Veterinária concederam coletiva de imprensa para falar sobre a Força Tarefa da última quarta-feira. Os Promotores de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, José Eduardo Gonçalves e Francisco Saldanha Lauenstein falaram para a imprensa na companhia de agentes e fiscais de saúde.
Nessa quarta e quinta-feira, 04 e 05, nove estabelecimentos foram fiscalizados e quatro deles acabaram interditados durante operação da Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar em Santana do Livramento. Duas pessoas foram presas. No total, foram inutilizadas nove toneladas de alimentos impróprios ao consumo.
Foram fiscalizados pelos agentes da FT Segurança Alimentar: dois Supermercados Righi, o Supermercado 3OO, o Supermercado Sensação (esses quatro interditados), o Supermercado Niederauer, o Supermercado Big, o supermercado Nicolini, o Mercado do Pequeno e o Açougue Los Amigos.
Duas pessoas foram presas por vender produtos impróprios ao consumo, o proprietário do Mercado do Pequeno e o proprietário do Supermercado Sensação, onde os fiscais encontraram 1500 garrafas de bebidas com prazo de validade vencido.
Nos locais, foram encontrados alimentos com prazo de validade vencido, armazenados de forma irregular, carnes e embutidos fora da temperatura adequada, muitos locais com dejetos de animais, embalagens roídas e podres e até venenos para ratos em gôndolas. Também foram registrados diversos problemas de infraestrutura e falta de higienização, além de falta de PPCI em alguns estabelecimentos.
Participaram da operação os coordenadores do Grupo de Atuação especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO – Segurança Alimentar) Mauro Rockembach, e Alcindo Luz Bastos da Silva Filho e o promotor de Justiça de Santana do Livramento José Eduardo Gonçalves,o promotor de Justiça Francisco Saldanha Lauenstein, além de representantes do Seapi, Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal de Santana do Livramento, Secretaria Estadual de Agricultura e Corpo de Bombeiros do município.
Dois mercados apresentaram graves falhas relacionadas à higiene, inclusive com carnes estragadas e alimentos guardados dentro de banheiros na presença de fezes de roedores. Os proprietários foram encaminhados para a Polícia Civil.
Segundo os agentes da Vigilância Sanitária nenhum destes estabelecimentos poderia reclamar do desconhecimento da lei, haja vista que inúmeras palestras e cursos foram promovidos pelo órgão e prefeitura desde o início do ano de 2017 e todos foram convidados para participar. Os promotores e agentes afirmaram que o trabalho visa proteger o consumidor e que a ação teve partida diante das inúmeras denúncias levadas aos órgãos de Defesa do Consumidor e Ministério Público.
Em declaração exclusiva para o Jornal A Plateia, o Supermercado Righi se manifestou a respeito do fechamento da unidade da Rua 13 de Maio em Livramento. Segundo seu diretor, Antônio Righi, esta é uma força tarefa que cumpre diligências em todo o Estado e diversas redes de supermercados estão sendo visitadas. O trabalho dos agentes deve ser respeitado e deve acontecer para garantir sempre produtos e serviços de qualidade para o consumidor. Com relação à unidade da Rua 13 de Maio, Antônio Righi salientou que nenhuma irregularidade com relação à qualidade dos produtos, data da validade ou acondicionamento fora dos padrões foram encontrados.
Antônio Righi destacou apenas que os fiscais verificaram a ausência do PPCI (Projeto de Prevenção contra Incêndios) e do Alvará de Saúde que deve ser fornecido por órgão da Prefeitura. Righi garante que estas documentações já estão sendo providenciada.
A previsão para reabertura do supermercado está
prevista para esta sexta-feira (06) de outubro. O Supermercado 300 também promete abrir as portas a partir desta sexta-feira e retomar as atividades.

Por: Elis Regina - elisregina@jornalaplateia.com - 06/10/2017 às 9:46

 

Deixe seu comentário

Pesquisar