Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - CRPO da Fronteira Oeste troca de comando: agora, é tudo com o Ten. Cel. Nilo

Pesquisar

 

Polícia

Polícia

CRPO da Fronteira Oeste troca de comando: agora, é tudo com o Ten. Cel. Nilo

Tenente Goulart, que deixou a função, será Corregedor-Geral da Brigada Militar, trabalhando junto ao Comando Geral. Na solenidade de despedida, foi agraciado com Comenda do Corpo de Bombeiros Militar; a medalha foi entregue pelo Major Max Geraldo Meinke, comandante do 10º Batalhão de Bombeiros Militar

A principal voz do Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Fronteira Oeste (CRPO-FO) é, desde o final da manhã dessa quarta-feira (6), do Tenente Coronel José Nilo Corrêa Alves, 51 anos, natural de Sant’Ana do Livramento e vindo do 34º Batalhão de Polícia Militar de Esteio, o qual comandou de julho de 2015 a agosto de 2017.
Em formatura no CRPO-FO, o Ten. Cel. Nilo assumiu a função que até então era exercida pelo Coronel Kléber Rodrigues Goulart, agora a caminho da Corregedoria-Geral da Brigada Militar, em Porto Alegre, junto ao Comando-Geral da instituição. Em seu pronunciamento, o Coronel Goulart fez alusão aos 19 anos de criação do Comando Regional, instalado em 1º de setembro de 1998, destacando ser a maior unidade em abrangência territorial da Brigada Militar. “Foram visionários aqueles comandantes que entenderam a importância de instalar uma grande unidade nessa região”, enfatizou o Coronel, agora ex-comandante do CRPO-FO.
O Tenente Goulart se referiu, novamente, como o fez em entrevista concedida ao Jornal A Plateia e publicada na quarta-feira, à sociedade civil organizada. “Já tinha dito anteriormente. Até que enfim a sociedade brasileira desperta para a complexidade de que são as áreas de fronteira”, ressaltou.
Ao final do discurso, dirigiu-se a seus colegas de profissão: “Sei que passamos por momentos difíceis, mas peço que vocês continuem honrando o juramento que fizeram quando iniciaram em nossa carreira. Continuem honrando o trabalho, continuem honrando suas famílias quando saem ao serviço”, disse, parabenizando brigadianos e brigadianas, “que labutam diariamente na tarefa de prestar segurança pública, serviço público, fazendo a polícia ostensiva na área de fronteira”.
A solenidade contou com a presença do Subcomandante-Geral da Brigada Militar, o Coronel Mário Ikeda, que, após saudar as autoridades e lideranças da comunidade presentes, falou do papel desempenhado pelo Coronel Goulart.
“Sua despedida no descerramento da foto (cerimônia ocorrida antes da formatura) foi muito feliz, porque pudemos verificar sua relação e sua interação com a comunidade. A missão do comandante regional não é somente em relação a nosso efetivo, porque o Comandante não comanda somente para dentro do quartel. Esse exemplo que o senhor trouxe, em relação a toda a comunidade da região da Fronteira Oeste, é extremamente importante, pois é pelas relações interpessoais que conseguimos desburocratizar, destravar e dar andamento a todo nosso serviço. A relação interpessoal com todos os órgãos e pessoas é que faz com que se dê celeridade e andamento a nossas questões para que nosso efetivo possa bem fazer o serviço”, afirmou o Coronel Ikeda.
Ao Tenente Coronel Nilo, desejou boa sorte: “Desejamos ao Tenente Coronel Nilo uma boa sorte. A partir de agora, está em nova gestão, gestão de Comando Regional, de um grande comando, onde não temos contato direto com a tropa, mas com os comandantes das unidades, para se fazer a gestão de todos os recursos que a instituição disponibiliza por meio do Comando Regional. Desejamos toda a sorte ao senhor com sua experiência; que pegue as experiências e relações com os órgãos e as pessoas desta comunidade, dando andamento aos projetos do Coronel Goulart e que seja muito feliz em sua nova função”, projetou.
O Coronel Ikeda se dirigiu a tropa, agradecendo ao desempenho e dedicação dos e das policiais. “Todos não tem medidos esforços no desempenho de suas funções”, enalteceu o Subcomandante-Geral da BM.
Em meio a seu discurso, o Coronel Mário Ikeda revelou: “Está previsto um grande concurso ainda neste ano para ingresso de 4.100 soldados na Brigada Militar. Com este incremento, com este aumento de efetivo, a partir do primeiro semestre do ano que vem, com o concurso sendo realizado este ano, pretendemos realizar cursos de formação e poder atender a todos os comandos regionais. Com o ingresso de 4.100, tendo-se a expectativa de dois mil no ano que vem, poderemos atender ao Estado como um todo”, frisou.
O Tenente Coronel Nilo não discursou na formatura. Nas próximas edições, o Jornal A Plateia apresenta entrevista com o novo comandante do CRPO-FO.

Por: redacao@jornalaplateia.com - 08/09/2017 às 9:46

 

Deixe seu comentário

Pesquisar