Polícia

Abigeatários presos e cenário de horror, crueldade e sofrimento animal na campanha

Investigação estava sendo conduzida há dois meses, a partir de quatro ocorrências com produtor da região

Na manhã de quinta-feira, o setor de investigação da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Sant’Ana do Livramento deu o bote. Dois homens, de iniciais V.F.C., 50 anos, e E.S.O., foram presos por abigeato. Ambos distribuíram a carne em açougue do lado uruguaio e, ao passarem para o Brasil, foram detidos com carne em Fiat Uno vermelho, sendo duas ovelhas inteiras carneadas, um saco com miúdos, uma paleta e uma costela de ovelha.
Depois, com mandado de busca e apreensão, a Polícia Civil foi até a Região dos Galpões.
Na campanha, um cenário de crueldade, sofrimento animal e horror com a situação encontrada: animais despedaçados e mutilados, sangue, vísceras. Além disso, quantidade significativa de animais vivos. Detalhe: o principal abigeatário, das iniciais V.F.C., tinha apenas um bovino e 14 ovinos registrados na inspetoria veterinária. “No próprio local constatamos o abate dos animais”, disse Giovana Müller, delegada titular da 1ª DP.
Toda a investigação começou há dois meses, em decorrência de quatro ocorrências contra um mesmo produtor rural na região. “Somente uma das vítimas já teve furtado desde fevereiro em torno de 15 ovelhas e 20 bovinos naquela região. Ele é um abigeatário muito conhecido. Os depoimentos das vítimas davam a entender que já furta na localidade há muitos anos”, declarou Giovana Müller.
A delegada também destacou ao Jornal A Plateia: “Ficou bem caracterizada a prática de diversos crimes. Está sendo autuado por receptação de animais, já com aumento pela pena de abigeato, e pelo crime de relação de consumo, por vender essa carne”, afirmou Giovana Müller.
De acordo com a delegada foram encontradas munições de diversos calibres, principalmente calibre 12 – com mais de 80 munições, e uma espingarda calibre 12. Os artefatos foram apreendidos e farão parte do inquérito.
O flagrante foi lavrado ao final da tarde de ontem e os homens seriam encaminhados à Penitenciária.

Por: redacao@jornalaplateia.com - 01/09/2017 às 9:27

 

Deixe seu comentário