De leve

SOLDADO

O Exército Brasileiro festeja hoje, 25 de agosto, o Dia do Soldado. O comandante da Guarnição Federal, o Cel. Carlos Alexandre de Souza preside a programação que será desenvolvida no 7º Regimento a partir das 9h30min.

JANTAR ESPANHOL

A segunda edição do jantar em homenagem à culinária espanhola acontece hoje no Restaurante Pampa Grill do Jandaia Hotel. Além da autêntica paella também a música será temática. Uma boa oportunidade para quem tem bom gosto...

DESFILE

O governo uruguaio por intermédio do Ministério de Ganaderia já autorizou que o nosso desfile de 20 de setembro entre na avenida Sarandi. Os uruguaios também apoiam a construção do galpão binacional no Parque Internacional. Ontem soube que a comissão que organiza a Semana Farroupilha já definiu que o galpão será na praça General Osorio e que o desfile não deverá entrar em Rivera.

ALMOÇO

O tradicional almoço dos velhinhos no Asilo Mario Mota acontece amanhã. Um gostoso galeto acompanhado de massas e saladas da maior e melhor qualidade preparados pelo amigo da coluna Cel. Lauro Binsfild e sua equipe. Terá também um bazar de artigos doados pela Receita Federal. Vai lá... R$ 35 por pessoa e o patrocínio é do Barão Freeshop.

SALÁRIOS

Enquanto o governo do Sartori faz uma grande ginástica para cumprir com a folha de pagamento dos funcionários estaduais, a nossa Assembleia Legislativa tem funcionários com salários milionários. Servidores que têm outras atividades e nem aparecem para trabalhar no parlamento gaúcho.  Na Serra, um assessor superior foi flagrado atendendo numa imobiliária, mesmo recebendo vencimentos de R$ 10.257,42. Já uma servidora da bancada do PDT chega a permanecer 15 dias fora do trabalho no parlamento, em viagens pelo Brasil e exterior, para participar de atividades ligadas ao partido, com salário, pago pelo contribuinte, de R$ 30.471,11. A denúncia foi feita ontem em reportagem veiculada no Bom Dia Brasil, em matéria investigativa assinada pelo repórter Giovani Grizzoti.

E-MAIL

Duda, o decreto proibindo e ameaçando os tradicionalistas de prisão e o recolhimento dos seus cavalos para o Campo de Cooperação, acrescido do fim do galpão em forma de uma ferradura no Parque Internacional, um dos maiores símbolos da verdadeira integração entre dois povos, acabou com o maior desfile do Estado: 8 mil cavaleiros.
Vilmar Medeiros

Por: dudapinto@terra.com.br - 25/08/2017 às 11:14

 

Deixe seu comentário

Outras Notícias

+ Notícias