Reino animal

Como fazer seu cachorro parar de destruir objetos

A primeira coisa é entender o porquê dos cachorros morderem as coisas: aliviar um desconforto físico (como o nascimento dos dentinhos do filhote) ou para acabar com a ansiedade. É daí que se inícia a destruir objetos.
É importante entender o processo. Logo após o nascimento, ele não tem muita noção do que acontece ao seu redor. A única coisa que consegue incomodá-lo é a fome e, depois de algum tempo, ele mama na mãe e se sacia em uma farta teta cheia de leite.
Assim os dias seguem por algum tempo: fome => ansiedade => teta => paz. A teta vira o antídoto para a ansiedade canina. Desde então, o filhote aprende a usar a boca como canais de escape para a ansiedade gerada por frustração, conflito ou insegurança.
Ou seja, desde o inicio de sua vida, o cãozinho percebe que pode usar a boca para escapar desses desconfortos. E, para complicar as coisas, os dentes do cachorro começam a nascer e o instinto de morder acaba se intensificando para aliviar a dor.
No entanto precisamos mostrar ao filhote quais as direções correta para aliviar o desconforto físico e a ansiedade.

Em geral, são 4 grandes motivos

1. Está com tédio e não tem outra opção a não ser destruir os objetos;
2. É reforçado pelas pessoas;
3. Está cuidando do seu território;
4. É um problema comportamental ou de saúde;
Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo através de uma rotina diária de exercícios físicos e brincadeiras.

O que posso fazer para o meu cachorro parar de destruir as coisa em casa?

1 – A prevenção é a melhor solução. Deixe objetos pequenos e as tomadas dos equipamentos de casa fora do alcance do animal.
2 – Proteja as quinas dos móveis dos dentinhos recém-nascidos do filhote. Para isso, passe nesses locais repelentes, pois eles têm um gosto amargo e evitam que o filhote morda as coisas, devido ao seu gosto ruim. Esse spray repelente pode ser encontrado em pet shops. Passe-o diariamente nas quinas para evitar que ele morda seus móveis.
3 –  É recomendado que você deixe sempre um ossinho ou um brinquedo para que ele possa morder e aliviar o desconforto. Como os móveis vão estar com um gosto ruim, o filhote irá sempre preferir o brinquedo/ossinho.
4 – Caso você pegue o seu cachorro mordendo um móvel ou algum objeto, chame a atenção dele com um som como “SHIIII” ou um sonoro “NÃO”, quando ele parar e se afastar, jogue o brinquedo de morder para ele. Mesmo assim, se ele insistir em morder, continue falando com ele de forma firme, mas sem gritar.
5 – Assim que seu filhote estiver com as vicinas em dia, leve ele para passear na rua. Tente fazer isso diariamente e de preferência 3 vezes ao dia. Isso vai fazer com que o cachorro gaste energia e que a ansiedade não se acumule, fazendo com que ele fique mais calmo e pare de morder as coisas.
6 – Uma dica interessante é ter dois brinquedos para o cão brincar e morder, deixando um à disposição dele e outro no congelador. O brinquedo geladinho ajuda a aliviar o desconforto na gengiva causado pela troca de dentes.
Os cães precisam de um ambiente que estimule. Muitos não são estimulados o suficiente pois não têm válvula de escape. Eles não conseguem dar vazão aos comportamentos normais, como caminhar, correr, cheirar, ver coisas novas… Vão partir para comportamentos não desejáveis para preencher esse vazio… As vezes até levando a quadros compulsivos.
Filhotes não sabem nada sobre as regras humanas e não têm culpa de você tê-los tirado de sua mãe ou de onde ele estava. Portanto, se for preciso fazer o mesmo procedimento vinte ou trinta vezes seguidas, o faça, sem perder a cabeça.

Por: redacao@jornalaplateia.com - 27/07/2017 às 9:50

 

Deixe seu comentário