PUBLICIDADE

Exército

Rara coincidência abrilhanta júbilo da Artilharia

Nesta sexta-feira foi a celebração na 2ª Bia AAAé. Teve participação de ex-artilheiros, homenagens e até momento inesperado para todos os presentes

Hoje, sábado, é um dia especial para o Exército Brasileiro: uma de suas armas está em festa. Neste dia 10 de junho se celebra o Dia da Artilharia, em referência à data do nascimento de seu ilustre patrono, o Marechal Emílio Luis Mallet – Barão de Itapevi. Nesta sexta-feira, na 2ª Bateria de Artilharia Antiaérea (2ª Bia AAAé), aconteceu a comemoração, formatura, como se fala na linguagem militar.
Na comunicação via rádio, em alto e bom som para todo o pátio do quartel, a simulação de missão militar, em especial com o protagonismo da Artilharia. Veículos posicionados, arma pronta para disparo, operação em curso. Pelos alto-falantes, o anúncio de aproximação de aeronave para ser abatida. Risos, comandantes do 7º RC Mec e da 2ª Bia AAAé se olhando com ar de surpresa. Convidados e demais autoridades também admirados. Disparo da arma de fogo feito, míssil em curso, alvo eliminado.
Tudo não passaria de simulação, a aeronave ficaria apenas na imaginação de todos, ainda que o disparo fosse verdadeiro. A surpresa para todos ficou com o surgimento de barulho real de aeronave que passava por aquele espaço aéreo durante o procedimento de simulação, isto é, momentos antes do “tiro”, uma rara coincidência.
Além desta manobra simulada realizada, os militares desfilaram em continência ao Comando, foi lido o poema “SE”, discursou-se a respeito da Artilharia – explicando suas características, missão, constituição, estrutura, história e funcionamento –, homenageou-se os “Amigos da Bateria” e também teve pronunciamento do Comandante da 2ª Bia AAAé, Major Daniel Rodrigues Lobo Vianna.

Por: Marcel Neves - marcelneves@jornalaplateia.com - 10/06/2017 às 10:04

 

Deixe seu comentário