PUBLICIDADE

Reino Animal

10 motivos para NÃO dar ossos para o seu cãozinho

v

Dar ossos para os nossos cães é uma prática muito perigosa, e que pode resultar em ferimentos graves e inesperados ao animalzinho.
A maioria das pessoas acha normal dar ossos grandes, como por exemplo os de pernil, para os cães. Mas segundo o Centro de Medicina Veterinária da Food and Drug Administration (FDA), os ossos são perigosos para os cães.
“Os ossos são perigosos, não importa o seu tamanho. Dar ao seu cão um osso pode garantir a ele uma viagem ao consultório do seu veterinário, uma possível cirurgia de emergência, ou até mesmo a morte.” – Carmela Stamper, veterinária no Centro FDA.
É interessante você ter certeza que seu cão não irá ter acesso aos ossos que sobrou da sua refeição. Você deve colocá-los no lixo, totalmente fora do alcance do cachorro. Assim como é indispensável ensinar às crianças e avisar as eventuais visitas do churrasco de domingo para não jogar o ossos para o seu cão.
Abaixo temos uma lista, criada pela FDA com 10 razões pelas quais é uma péssima ideia dar ossos para cachorro:

1. Dentes quebrados

Se o seu cão quebrar um dente, você terá que levá-lo a uma clínica veterinária especializada em odontologia animal, e isso pode sair caro.

2. Lesões na boca ou na língua

Pode causar muito sangramento e garantir ao seu cão uma visita ao veterinário.

3. O osso pode ficar preso no maxilar inferior do seu cão

Pode ser muito doloroso e assustador para o seu cão e potencialmente caro para você.

4. O osso pode ficar preso no esôfago do seu cão

Esôfago é o tubo que a comida percorre para chegar até o estômago. É desesperador para o seu cão ter algo preso no esôfago. Nesse caso, uma corrida ao veterinário será inevitável.

5. Osso ficar preso na traqueia

Isso pode acontecer caso seu cão inale acidentalmente um pequeno pedaço de osso. Pode ser muito perigoso, pois ele terá dificuldades para respirar. Se isso acontecer, o cão deve ser levado imediatamente ao veterinário.

6. Osso ficar preso no estômago

Suponhamos que ele tenha descido sem problemas até o estômago, mas o osso pode ser muito grande e pode ficar preso no estômago do seu cachorro. Dependendo do tamanho do osso, o seu cão pode precisar de uma cirurgia ou endoscopia, na qual o veterinário irá usar um tubo para tentar remover o osso preso no estômago.

7. Osso ficar preso no intestino

Pode bloquear o intestino do cão e ser necessário uma cirurgia.

8. Causar prisão de ventre devido a fragmentos de ossos

O cachorro pode ter dificuldades para fazer a digestão dos fragmentos de ossos e eles podem raspar e machucar o interior do intestino grosso ou o reto conforme esses fragmentos se movimentam. Pode causar dores severas ao cachorro e será necessário leva-lo ao veterinário.

9. Hemorragias no reto

Dependendo do caso, pode ser muito perigoso. Garantirá uma visita ao veterinário.

10. Peritonite

Trata-se de uma infecção no abdômen de difícil tratamento. Ela pode ocorrer quando fragmentos de ossos raspam o estômago ou intestino do cachorro. A peritonite deve ser tratada com cautela, pois pode até mesmo matar o cão.
Converse com o seu veterinário sobre alternativas para substituir os ossos para seu cão. Existem muitos produtos no mercado feitos com materiais seguros para o cão mastigar. Procure também, sempre supervisionar seu cão quando ele estiver com qualquer produto de mascar, principalmente se você está dando a ele aquele produto pela primeira vez.
E o mais importante, se você achar que seu cão não está agindo normalmente, consulte um veterinário!
Fonte: FDA

Por: - 26/05/2017 às 9:47

 

Deixe seu comentário