Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - CPI da Santa Casa

Pesquisar

 

Política

Política

CPI da Santa Casa

Câmara vive expectativa por pedido de abertura de Comissão Parlamentar de inquérito para investigar processos e contratos do hospital. Dagberto Reis é o responsável pelo pedido

Em tempos de turbulência na política nacional, que a cada dia revela novos escândalos de corrupção envolvendo empresas, políticos e instituições, parece que mais nada escandaliza o povo brasileiro. Na mesmo onda do pais, o município vive a expectativa do pedido de abertura de uma (CPI) Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar ao processos e os contratos da Santa Casa de Misericórdia. O autor do pedido, vereador Dagberto Reis, destaca que é preciso passar a limpo o hospital que ao longo de muitos anos sofre incontáveis problemas financeiros. O vereador disse também que deve entrar com o pedido de abertura da CPI na próxima segunda-feira (24), afirmando que já possui as seis assinaturas necessárias para que a comissão possa ser instaurada. “Entendo que seja necessário abrir essa comissão parlamentar de inquérito com poder investigativo na Santa Casa, não só pelos últimos acontecimentos que envolvem uma negociação com uma empresa prestadora de serviços junto ao hospital, mas por toda a história que mostra contratos terceirizados e prestadores de serviço que estão no interior do hospital. Porque são questionamentos que a Câmara de Vereadores enviou para a Santa Casa e não obteve resposta, então, nada mais justo do que instalar está CPI “disse Dagberto.

Já o atual diretor administrativo da Santa Casa de Misericórdia, Wainer Machado, diz estar tranquilo quanto ao pedido, porque, segundo ele, para abertura deste tipo de processo é necessário se ter um motivo muito claro, e atual gestão não deu nenhum. “ Estou aqui há pouco mais de 75 dias , e o governo municipal a cento e poucos, gerenciando esta situação. Se da nossa parte, os vereadores acharem que existe algum motivo para a instalação da CPI , não tem nenhum problema. até porque, nós queremos saber qual é o motivo para ajudar a esclarecer”, disse o diretor do hospital .
Questionado sobre os pedidos de providência da câmara que não foram respondidos, Wainer disse que está elaborando um material com todas as explicações para encaminhar aos solicitantes. “Estou montando esse material para repassar aos vereadores com todas as explicações necessárias para eles sanarem suas dúvidas e, se mesmo assim, os vereadores intenderem que há motivo para a CPI que assi seja feito”, encerrou.

Por: Matias Moura - redacao@jornalaplateia.com - 21/04/2017 às 12:30

 

Deixe seu comentário

Pesquisar