Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - Muitas prisões na Fronteira

Pesquisar

 

Polícia

Polícia

Muitas prisões na Fronteira

Polícia brasileira somente deu apoio logístico à execução da ação

Potencial contrabando de couro e lã em Rivera. Investigação complexa da policia uruguaia levou a prisão de, a princípio, cerca de 18 pessoas suspeitas de participarem de esquema, que, conforme informações extraoficiais, envolveria ainda câmbios da linha divisória com Sant’Ana do Livramento.
A reportagem de A Plateia obteve informações de movimentação de policiais na divisa, especificamente na rua 33 Orientales, em uma das laterais do Parque Internacional. Atrás de dados mais concretos dessa operação, soube que a investigação fica sob a responsabilidade da divisão de crime organizado da policia uruguaia em Montevideo.
O andamento das investigações vai apontar qual a participação de câmbios da Fronteira na potencial prática de contrabando. Se realmente há envolvimento deles na circulação de dinheiro para esse fim criminoso.
Sobre a participação da polícia brasileira na operação de ontem, o delegado-chefe da Polícia Federal em Sant’Ana do Livramento, Alessandro Lopes, foi claro:
“A nossa participação foi de cooperação internacional com a polícia uruguaia. Fornecemos cooperação no sentido de manter a vigilância do lado de cá no caso de fuga e eventual identificação de alguém no Brasil se fosse necessário. Fizemos somente um acompanhamento do trabalho deles porque um dos lugares de busca era exatamente em cima da linha de Fronteira”, explicou.
A Polícia Federal não participou da investigação, o que não impede que, caso necessário, participe se algum desdobramento aconteça no Brasil.
“Nós não participamos em nada da investigação. Simplesmente demos apoio para a execução dos mandados. Eventuais desdobramentos que tenham no Brasil vão ser encaminhados para a gente e vamos dar andamento à investigação do lado de cá”, garantiu.

Por: - 20/04/2017 às 10:45

 

Deixe seu comentário

Pesquisar