PUBLICIDADE

Polícia

Contrabando da Fronteira é pego em Rosário

Flagra, desta vez, foi sobre Meriva que transportava 30 litros de vários agrotóxicos adquiridos no Uruguai e seguia pela rodovia BR 158

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou, no início da noite de ontem, a apreensão de uma significativa quantidade de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai. Foi preso um homem em flagrante delito e, com a mercadoria, o mesmo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Pronto Atendimento (DPPA) de Sant’Ana do Livramento, para que fosse realizado o boletim de ocorrência e lavrado o flagrante, assim como todos os demais trâmites de praxe nessas situações.
De acordo com informações dos policiais rodoviários federais, o fato foi constatado já no município de Rosário do Sul.

A PRF apreendeu aproximadamente de 30 litros de produtos agrotóxicos contrabandeados do Uruguai, no automóvel já referido, que estava circulando pela rodovia BR 158, nas imediações de Rosário, na tarde de segunda-feira (09).
De acordo com a PRF, durante a realização das operações rotineiras de fiscalização, uma equipe de policiais fez a abordagem a um automóvel Chevrolet Meriva que transitava pela rodovia federal.

Três pessoas estavam no interior do carro, cujas características de placa e outros detalhes não foram informados.
Ao fazer uma detalhada vistoria no interior do veículo os policiais encontraram aproximadamente 30 litros de inseticidas de uso agrícola, todos contrabandeados do Uruguai.   O condutor do veículo - cujo nome não foi revelado - assumiu a propriedade dos defensivos e afirmou, inclusive, já ter sido preso anteriomente pelo mesmo crime.

De acordo com informações, o valor pago pelo agrotóxico no Uruguai teria sido de R$ 400,00 por litro. O comparativo aponta que no Brasil, o preço do litro pode chegar a R$ 1200,00.
O homem foi preso em flagrante e uma vez realizadas as formalidades referentes à prisão do flagrado e apreensão da mercadoria, o caso deverá resultar em processo no ambiente judiciário.

Por: - 11/01/2017 às 9:34

 

Deixe seu comentário