PUBLICIDADE

Política

Diretor operacional do DAE fala sobre desafios na autarquia

Com mais de 30 anos de atuação na área, Jânio Chipolino assume o DAE pela 4ª vez e diz estar preparado para desenvolver um bom trabalho e fala dos desafios

Depois de assumir como diretor operacional do Departamento de Água e Esgoto (DAE), o prefeito Ico Charopen nomeou, na semana passada, Jânio Chipolino como diretor operacional da autarquia. É a quarta vez que Chipolino, o qual possui mais de 30 anos de experiência nesta área, assume a função e fala em desenvolver um trabalho de exemplo para a comunidade santanense.

Chipolino diz que existem vários desafios a serem tomados daqui para frente, como ligações de importantes redes de abastecimento, como o sistema Planalto que ainda não está em funcionamento, a criação de um setor específico de calceteiros para atender as demandas dos buracos que são abertos para conserto ou troca de tubulação, e também a questão histórica da falta d’água em algumas localidades do Município. “Temos vários desafios como, por exemplo, na questão dos buracos, nós teremos que criar uma setor de calceteiros para realizar somente este serviço porque hoje não temos. Então, esse é o primeiro passo do que nós iremos fazer, nós já iniciamos algumas ações com o que a gente tem, pois muitos funcionários estão de férias. Nós temos apenas um calceteiro, muito bom por sinal. Ele está trabalhando atualmente na rua Duque de Caxias, onde foi realizada a obra da adutora a qual é um serviço que não pode parar. Pretendo chamar mais um dois calceteiros para que o serviço de reposição de calçamento não pare

. Nós vamos adotar uma nova forma de trabalho justamente para agilizar este processo  de tapar esses pequenos buracos“, disse . Outro questionamento feito ao diretor operacional do DAE é sobre a falta de água, muito recorrente nos meses de verão e um problema constante em alguns bairros do Município por questões geográficas , como é o caso do bairro Prado, onde passa o sistema Registro. “Nós estamos enfrentando um problema no sistema Registro, não é algo muito grande, mas não está funcionando bem. Já fizemos alguns ajustes, mas ele ainda não apresenta um bom funcionamento e a população sente principalmente nos lugares mais altos. Mas, estamos trabalhando para identificar um possível vazamento. A gente pede também à população, principalmente nesses lugares mais altos como Nova Livramento e Queirolo que as pessoas liguem nos informando a falta de água para que a gente possa agir rapidamente“.

Jânio ainda comenta que o DAE está trabalhando no sistema Planalto que ainda não está funcionando por algumas questões técnicas, como falta de uma rede de alta tensão com transformador, coluna definitiva do poço e dimensionamento de bomba comando de ligação automático de automação, está faltando também interligar a rede com registro de manobra. “ Faltam estes ajustes para que o sistema Planalto possa entrar em funcionamento , atualmente estamos operando naquela região como o sistema da vila Kennedy, que está em funcionamento. Segundo o diretor operacional do DAE, o reservatório do Planalto tem capacidade de 395 mil litros de água .

Por: Matias Moura - 11/01/2017 às 9:30

 

Deixe seu comentário