Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - Bate-pronto no Parque Internacional

Pesquisar

 

Geral

Geral

Bate-pronto no Parque Internacional

De um dia para o outro, começa a ser feita limpeza nas imediações do Parque

Na manhã desta terça-feira (10), iniciou-se o corte da grama no Parque Binacional, após matéria ser veiculada na segunda-feira e ter forte repercussão principalmente nas redes sociais.
Servidores públicos, em um total de oito pessoas, estavam com uma máquina roçadeira, rastilhos e carro de mão fazendo a limpeza e um caminhão passava pelo interior do local recolhendo a grama que ficava de sobra depois do corte.
Segundo um dos trabalhadores que conversou com a Reportagem, existem quatro máquinas roçadeiras à disposição, porém, como também está sendo feita a limpeza do cemitério municipal, a limpeza de todo o Parque, obviamente, demorará mais tempo para ser finalizada, até pela sua própria extensão, sendo que o turno dos trabalhadores é finalizado até as 13h30.

A Reportagem também conversou com moradores: “o problema será se começar a chover e esse pasto se espalhar”, comenta a senhora Leda Machado, que mora nas imediações do Parque, e também lamenta o descaso da população, sejam crianças ou adultos, que muitas vezes ou quase sempre jogam o lixo no chão em vez de colocarem nas lixeiras que ainda existem pelas imediações do Parque.
Além da falta de material de trabalho, está em falta também a mão de obra, segundo um dos funcionários que trabalhavam na limpeza do Parque, cerca de 20 trabalhadores entraram em seu período de férias, ficando assim o número de pessoas bastante reduzido.

Dia de fúria

Durante a reportagem um senhor chamado Paulo, que trabalha no Parque, deu conta que um jovem teria sofrido um surto psicótico e, em consequência disso, quebrado cerca de oito bancos do local. A polícia de Rivera atendeu o chamado e conduziu o jovem para atendimento. A Reportagem fez fotos dos bancos que foram danificados.

Leitura Rápida!

Um dia após matéria publicada sobre a sujeira do Parque Internacional, uma equipe de oito funcionários trabalhava na manhã desta terça-feira (10). A manutenção levará dias em virtude da escassez de material e mão de obra neste primeiro mês.

 

Por: Pamela da Costa - 11/01/2017 às 9:27

 

Deixe seu comentário

Pesquisar