PUBLICIDADE

NÚMEROS

Operação Ano Novo flagra até motorista armado

Em 72 horas várias notificações foram emitidas a condutores, um homem foi preso por conduzir veículo levando uma arma de fogo, sob acusação de porte ilegal; outras duas pessoas foram detidas por estarem dirigindo embriagadas e somente três acidentes foram registrados no âmbito da 11ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal baseada em Sant’Ana do Livramento e abrangendo, além deste, os municípios de Rosário do Sul e Bagé. 

Foram 3 dias de Operação Ano Novo no trecho de rodovias federais concernentes à delegacia de Sant’Ana do Livramento.
No período de 30 de dezembro de 2016 a 1º de janeiro de 2017 - da mesma forma como ocorre no fim de semana alusivo ao Natal, a PRF intensificou o processo de fiscalização nas BRs que dão acesso à região.

Mais uma vez, o principal objetivo foi coibir ações nocivas à segurança no trânsito, como o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas e a embriaguez ao volante.
Os dados da PRF apontam que ocorreram, no período já citado, 3 acidentes na circunscrição da delegacia -  que abrange os postos de Sant’Ana do Livramento, Rosário do Sul e Bagé.

Uma pessoa ficou ferida com gravidade e três pessoas tiveram lesões leves. Foi desenvolvida a fiscalização de 521 veículos e realizados 248 testes de etilômetro, resultando em 246 notificações e uma pessoa detida.
Novamente, conforme os registros dos policiais rodoviários federais,  as infrações mais cometidas foram o excesso de velocidade e as ultrapassagens indevidas. Foram, ainda, notificadas duas pessoas por estarem conduzindo veículos embriagadas, sendo uma delas presa, também, por porte ilegal de arma de fogo.  A PRF recomenda que os usuários das rodovias dirijam com cuidado e respeitando a sinalização de trânsito, uma vez que o fluxo de veículos nas estradas da região segue intenso em razão dos turistas.

Fluxo de turistas

Ontem, em várias oportunidades e horários foram realizadas ações de fiscalização de veículos estrangeiros, haja vista o fluxo intenso de turistas. Veículos brasileiros também são, igualmente, fiscalizados nas rodovias federais.

Por: - 05/01/2017 às 10:00

 

Deixe seu comentário