Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - GRÊMIO É MUITO FAVORITO

Pesquisar

 

Renato Marsiglia

GRÊMIO É MUITO FAVORITO

Começa o jogo contra o Atlético-MG e o Grêmio é campeão. O Atlético-MG faz 1 x 0 e o Grêmio é campeão. O Atlético-MG faz 2 x 0, a decisão vai para os pênaltis e o Grêmio continua podendo ser campeão. Nada que impeça o Atlético-MG de sair com o título da Arena. Time que tem Robinho e Prato é sempre um perigo. Todavia, a vantagem gremista é muito grande. Somente uma noite de apagão ou soberba para o Grêmio não ser campão da Copa do Brasil.

VIDA QUE SEGUE

Nada de anormal que  Chapecoense e Atlético-MG não queiram jogar na última rodada. Adicionado ao aspecto emocional, nada mudará na tabela para nenhum dos dois caso seja aplicado um “WO Duplo”. Todavia, os demais jogos da rodada devem acontecer normalmente. Afinal, a vida continua mesmo com imensa tristeza. Inaceitável é usar a dor de uma tragédia sem precedentes para mascarar uma “virada de mesa”. Isto é simplesmente inominável.

A PROPÓSITO...

As  infelizes declarações dos dirigentes e jogadores,  fez com que o  Brasil inteiro se revoltasse contra o Inter. Normal. Só que nesta revolta incluíram a ação do clube no STJD contra a escalação de Vitor Ramos pelo Vitória. Ora, se o Inter acha que tem direitos, cabe ao STJD julgar e a ninguém pré-julgar. Se der certo, ótimo para o Inter e se não der, azar. Ações na Justiça Desportiva são comuns, em que um lado perde e outro ganha. Simples.

CHAPECOENSE É CAMPEÃ

A CONMEBOL confirmou oficialmente o que já se sabia, desde que o Nacional de Medellin abriu mão da disputa da Copa Sul-Americana em favor da Chapecoense. O time catarinense entrará direto na fase de grupos da Libertadores/2017, receberá o prêmio de R$ 7 milhões e ainda disputará a Recopa  com o Nacional, visto que este é o atual campeão da Libertadores. Serão dois jogos cheios de simbolismo, em que o povo brasileiro poderá retribuir o carinho que os colombianos tiveram conosco no momento mais duro da tragédia.

Por: Renato Marsiglia - 06/12/2016 às 10:53

 

Deixe seu comentário

Pesquisar